Descobrindo a América Latina

As crianças sabem que existe a América do Sul, a Central e a do Norte, mas, diante de qualquer menção sobre a América Latina, será que elas conseguem imaginar a localização geográfica dela?

Foto: Reprodução/flyua.com.ua | Adaptação web Caroline Svitras

 

 

A América Latina é uma região bastante grande que fica dentro do próprio continente americano. Ela recebeu esse nome porque congrega todos os países falantes de línguas que se derivaram do latim. Consequentemente, no passado, ela foi colonizada tanto pelos portugueses quanto pelos espanhóis, bem como por uma minoria francesa.

 

Com aproximadamente 21 milhões de quilômetros quadrados, além de ocupar quase a totalidade das Américas do Sul e Central, ela ainda detêm 3,9% da superfície da Terra, graças à soma total da extensão territorial de seus 20 países.

 

Em virtude dessa proporção, a América Latina se distribui de maneira irregular pelos hemisférios Norte e Sul. Apesar disso, a maioria de suas terras se estende ao sul da Linha do Equador. A única exceção se refere ao México, país que, mesmo pertencendo à América Latina, fica na América do Norte. Os demais pertencem à América Central e à América do Sul.

 

 

Posição geográfica

 

RPosição geográfica da América Latina | Foto: Reprodução/slideplayer.com.br

 

Em virtude da própria extensão, a América Latina é cortada pelo Trópico de Câncer, que passa pela parte central do México; pela Linha do Equador, que corta a Colômbia, o Equador e o norte tanto do Brasil quanto do Peru; e ainda pelo Trópico de Capricórnio que atravessa o Sul do Brasil, o Paraguai, a Argentina e o Chile.

 

Já em relação aos limites geográficos, ao norte, a América Latina tem os Estados Unidos como vizinho; ao sul, a confluência das águas dos oceanos Atlântico e Pacífico; ao leste, o oceano Atlântico e à oeste, o Oceano Pacífico.

 

Devido à amplitude dessa posição, apesar de certas variações que apresenta, seu clima é classificado como intertropical. Contudo, se a parte norte da América Latina ocupa uma zona temperada, ao sul, seus países estão localizados em uma zona temperada.

 

 

Idiomas da América Latina

Embora o espanhol seja a língua mais falada na América Latina, devido ao processo de colonização, o português é o idioma do Brasil e o francês é o do Haiti. Mas, além desses idiomas, ainda há as línguas nativas usadas antes da colonização que, por vezes, também são reconhecidas como oficiais, ao lado do espanhol, como no México, no Peru, na Guatemala e no Paraguai – país que também adota o guarani.

 

 

Características da região

Os países latino-americanos mais ricos são o Brasil, o México e a Argentina – que apesar de seus problemas externos, ainda se enquadra nessa classificação. Todos são considerados emergentes, pois, além de se destacarem na produção e exportação de manufaturados, ainda têm uma boa base industrial. Contudo, se neles ainda há uma grande desigualdade social, tal característica fica bem mais acentuada nos demais países da região.

 

Já em relação à população, a maioria dos habitantes da América Latina é de jovens de até 30 anos, que moram em zonas urbanas de grande e médio porte, descendentes de portugueses, espanhóis e franceses, africanos e indígenas, que se miscigenaram desde os tempos coloniais.

 

Pequenas bolivianas, descendentes de nativos da região | Foto: Reprodução/snezhusha.wordpress.com

 

Por sua vez, em termos religiosos, o cristianismo é seguido por grande parte da população. Mas se a Igreja Católica ainda é a que tem o maior número de adeptos nos países da América Latina, nas últimas décadas, ela também vem assistindo à expansão das igrejas evangélicas, que se multiplicam na região.

 

 

Dica para desenvolver o tema

Distribua mapas, globos terrestres ou exponha o pôster encartado nesta edição. Assim, enquanto é exposta a parte teórica, sua turminha poderá visualizar as citações que são feitas e, dessa forma, poderão assimilar mais facilmente o conteúdo pertinente ao tema.

 

Detalhe da Avenida Paulista, via que corta o centro da capital paulistana, uma das maiores cidades da América Latina | Foto: Reprodução/www.theenglishteachingcompany.com

 

 

Preste atenção!

Michel Chevalier | Foto: Reprodução/www.annales.org

 

Embora alguns historiadores afirmem que o termo América Latina teria sido cunhado pelo imperador francês Napoleão III (1808- 1873), pesquisas recentes sugerem que a expressão é do engenheiro, político, economista liberal, também francês, Michel Chevalier (em ilustração de autor desconhecido), pois ele a usou em 1836, durante uma missão diplomática feita aos Estados Unidos e ao México.

 

 

 

Adaptado do texto “Prazer, sou a América Latina!”

Revista Guia Prático do Professor – Ensino Fundamental Ed.123