O carnaval está aí

Que tal aproveitar a chegada dos dias de folia para dar asas à imaginação dos alunos?

Fotos: Fernando Pereira | Adaptação web Caroline Svitras

 

Mal começaram as aulas e lá vem o Carnaval, que se estenderá de 24 de fevereiro a 1º de março, período em que os alunos se afastarão da escola novamente. Apesar desse empecilho, dá para aproveitar a proximidade da maior festa popular do Brasil para provocar tanto a interação inicial da turminha quanto à criatividade individual de cada criança.

 

Para tanto, basta promover uma oficina de customização que não implicará em gastos, pois todo aluno tem um camiseta branca já usada (que pode ser até do irmão mais velho) e qualquer professor, costumeiramente, guarda uma série de enfeites. Portanto, unindo aquilo que pode ser reaproveitado com materiais que liberam a imaginação, combine um dia para que as crianças tragam a camiseta para a sala de aula e, então, distribua todos os enfeites disponíveis sobre uma mesa, na qual elas se reunirão.

 

Depois, seguindo os passos que preparamos, oriente os alunos a criar sua própria fantasia, deixando-os livres para escolher os detalhes que irão incrementar cada peça elaborada. No fim do trabalho, graças à maior integração interpessoal que surgirá espontaneamente, eles poderão até propor a formação de um bloco carnavalesco, só para exibir suas criações para os demais coleguinhas da escola!

 

Camiseta carnavalesca

Materiais

  • Camiseta branca
  • Tesoura
  • Miçangas para tererê
  • Tinta relevo
  • Cola universal
  • Enfeites diversos (como retalhos de feltro, paetês, fitas, pedaços de renda etc.)
  • Papelão de tamanho condizente a camiseta

 

 

Anote!

No século 11, após a igreja Católica implantar a Semana Santa que, por sua vez, era antecedida pela Quaresma (ou 40 dias de jejum), que começava na Quarta-Feira de Cinzas, para se preparar para período de privações e penitências, o povo passou a ser reunir dias antes só para desfrutar de diversas festividades associadas à ideia de deleite que, por isso, receberam o nome latim de carnis valles, cujo significado é prazeres da carne. A partir daí, com a evolução da língua e a popularização do termo, surgiu a palavra Carnaval.

 

Adaptado do texto “Carnaval, diversão e criatividade”

Revista Guia Prático do Professor – Ensino Fundamental Ed. 125