Do que são feitas as cores?

Embora tal pergunta pareça redundante, com uma aula bem diferente, que parte das Ciências em direção às Artes, é possível levar a criançada a entender o porquê dessa questão

Foto: Fernando Pereira| Adaptação web Caroline Svitras

 

 

As cores que vemos, por vezes, não são únicas. Muitas delas são formadas a partir da mistura de duas ou mais tonalidades. Mas como explicar isso às crianças exige certa abstração por parte delas, recorra ao experimento que destacamos, para que possam averiguar a veracidade dessa afirmação, a partir de uma técnica chamada cromatografia, método físico-químico de separação de misturas que é muito utilizado em Biologia.

 

De um modo bem simples, a nossa sugestão requer basicamente papel filtro (que substituímos por coadores de café) e álcool. Durante a realização do experimento, a substância que tem mais afinidade com o álcool se liga a ele. Já a substância que tem mais afinidade com o papel tende a se diluir, porém, de maneira bem vagarosa. Por isso, enquanto se dá o processo de absorção do álcool pelo papel filtro, também ocorre a separação das cores, momento em que a criançada poderá ver quais são os pigmentos usados para formar a tonalidade aparentemente única de cada uma das cores usadas por elas.

 

 

 

Adaptado do texto “Qual a cor das cores?”

Revista Guia Prático do Professor – Ensino Fundamental Ed. 122