Oficina: sabonete gelatinoso

Foto: Carlos Ricon | Adaptação web Caroline Svitras

 

Bastante fácil de ser elaborado, o sabonete gelatinoso, que ainda é quase que um desconhecido no mercado nacional, já promete ser a grande sensação nos próximos meses. Devido à textura que apresenta, ele irá induzir a criançada a lavar as mãos bem mais vezes, o que garantirá uma maior higiene pessoal e, em consequência, menos doenças provocadas pelo contato físico durante os tempos frios do inverno – caso das gripes e pneumonias que, de acordo com especialistas, podem ser prevenidas com hábitos simples.

Embora, na maioria das vezes, ele seja usado em temperatura ambiente, no calor ainda dá para levá-lo a geladeira por alguns minutos, para transformar o banho em um momento bem mais refrescante.

 

Aprenda a fazer e usar o sabonete gelatinoso

Após elaborá-lo, basta entrar no chuveiro e se molhar. Depois, com as mãos bem úmidas e a água já fechada, o ideal é esfregá-lo entre elas até formar uma espuma leve que deverá ser aplicada por todo o corpo!

Adaptado do texto “Gelatina para higiene pessoal?”

Revista Guia Prático do Professor – Ensino Fundamental Ed. 140