Contagem, cálculo mental e muita diversão!

Parece impossível conjugar tais requisitos? Então, aprenda a transformar conceitos básicos de Matemática em entretenimento com a ajuda do jogo Feche a Caixa

Da Redação | Foto: Itaci Batista | Adaptação web Caroline Svitras

Durante as séries iniciais, quando desafiadas, as crianças aprendem a contar mesmo que ludicamente. De início, elas o fazem de um em um para, depois, recorrerem à sobrecontagem de dois em dois, cinco em cinco ou dez em dez, fato que indica que estão se apropriando das regularidades do sistema de numeração decimal. Nesse processo, se instigadas a atingir determinados objetivos, elas acabam por desenvolver o cálculo mental que, além de ajudá-las a antecipar, controlar e julgar a confiabilidade de um resultado, ainda demonstra a evolução pela qual estão passando. Mas, como conjugar aprendizado e diversão não é fácil, a dica é elaborar e introduzir o jogo Feche a Caixa em sala de aula. Depois, enquanto as crianças brincam, observe como elas raciocinam em termos matemáticos e, se necessário, interfira em momentos pontuais para auxiliá-las nas dúvidas que surgem.

Revista Guia Prático do Professor – Ensino Fundamental Ed. 116

Adaptado do texto “Contagem, cálculo mental e muita diversão!”