Tensão superficial da água

A tensão superficial ajuda insetos a caminhar sobre o líquido existente no planeta Terra

Por Rodrigo Barbassa | Foto VídeoBlocks | Adaptação web Isis Fonseca

Tensão superficial da água

A água é uma substância de inúmeras propriedades interessantes que sempre beneficiam a vida. Entre elas, vamos destacar a tensão superficial, que pode ser demonstrada por meio de um experimento bem simples.

Mas, antes da prática, é preciso um pouco de teoria: a tensão superficial da água é resultado de ligações de hidrogênio, que são forças intermoleculares causadas pela atração dos hidrogênios de determinadas moléculas de polos positivos com os oxigênios de outras moléculas vizinhas, cujos polos são negativos.

Embora esse conceito seja difícil de ser entendido e assimilado pela criançada, é importante fazê-las compreender que a força de atração das moléculas na superfície da água é diferente da força de atração das moléculas abaixo dela, pois enquanto, as moléculas inferiores são atraídas mutuamente e com a mesma força em todas as direções (de cima, de baixo, da esquerda, da direita, da frente e de trás), as da superfície são atraídas somente pelas moléculas ao lado e abaixo.

Logo, é exatamente essa desigualdade de atração que provoca a contração do líquido e causa a chamada tensão superficial, que funciona como uma fina membrana elástica na superfície da água.

Tal fenômeno permite a pequenos insetos andar sobre a água, tanto que, em vários lagos, há duas comunidades de microrganismos que são sustentadas pela tensão superficial: os nêustons, que são bactérias, fungos e algas; e os plêustons, formados por plantas superiores e alguns animais pequenos, como larvas e crustáceos.

A tensão superficial também explica por que objetos pequenos, como lâminas de barbear e clipes, que são feitos de aço e têm uma densidade maior que a água, não afundam quando colocados horizontalmente sobre ela.

Assim como a forma esférica das gotas que, por sua vez, formam-se pelo desequilíbrio da atração que, ao mesmo tempo, faz com que as moléculas de sua superfície se aproximem ainda mais e sejam atraídas em direção ao interior da gota, tornando-a mais densa.

Veja a experiência completa sobre a tensão superficial da água na Revista Guia Prático do Professor – Ensino Fundamental Ed. 155!